Cursos de segurança da informação: conheça por principais

O grande volume de dados que circula nas organizações é uma das principais razões que leva a uma grande procura por cursos de segurança da informação, visto que aperfeiçoar técnicas que garantem a proteção de dados dentro de cada empresa é cada vez mais essencial para o bom andamento de qualquer negócio.

Um dos mais importantes conceitos que conduzem os profissionais de TI é o de assegurar que os dados se mantenham íntegros, autênticos, confidenciais e disponíveis.

Para quem pode se ver exercendo esse tipo de função, ingressar no ensino superior na área abre as portas para uma carreira que está em alta no mercado.

Neste artigo, você saberá um pouco mais sobre esse profissional e quais cursos de segurança da informação fazer para se aprimorar nesse segmento. Acompanhe a leitura e saiba mais!

 

Qual é a importância da segurança da informação?

A realidade é que muitas empresas ainda acreditam que suas informações estão completamente protegidas e livres de qualquer ameaça. 

Mas é necessário ter em mente que, por mais que uma organização tome as medidas necessárias para proteger o seu patrimônio intelectual, ainda é possível que alguém consiga invadir seus dados. 

Com o avanço da tecnologia, as invasões cibernéticas evoluem com rapidez, e, antes que você perceba, a sua empresa pode já estar em risco novamente.

Desta forma, ao considerar a importância dos dados internos e a sua participação no próprio patrimônio da empresa, é possível ocorrer um efeito dominó com várias consequências, como exposição de informações sigilosas e prejuízo à imagem da empresa.

Um ataque virtual pode causar problemas sérios, inclusive em organizações de pequeno e médio porte, que acreditam não serem alvos e, por isso, não investem em cibersegurança.

Os ataques em empresas de grande porte ganham maior destaque devido à quantidade de material roubado. Porém, nas empresas de menor porte, isso pode significar o fim dos negócios.

Ter uma informação relevante roubada pode provocar sérios problemas financeiros que levam uma empresa à falência.

 

O que faz um profissional na área de segurança da informação?

Existem muitas falhas que podem afetar a privacidade das informações nas empresas e a função de profissional da área de segurança da informação é evitar esses erros, trazendo benefícios como estes destacados a seguir:

 

Controle de acesso eficaz

Um ataque virtual pode fazer com que pessoas não autorizadas tenham acesso a dados confidenciais da sua empresa e dos seus clientes. Por isso, é extremamente necessário fazer um controle de acesso rígido.

Existem monitoramentos de acesso onde alguns dos dispositivos são físicos, como as salas com limitação de pessoas e senhas; e há também os métodos de acesso mais desenvolvidos, como a assinatura digital, que reconhece o usuário que está tendo acesso aos documentos e valida os arquivos digitais.

Outra atividade que ajuda no controle dos dados é limitar os colaboradores a usarem ferramentas pessoais no trabalho, como notebooks, aparelhos celulares e afins, que não são monitorados tão rigorosamente quanto os equipamentos da organização.

Cópias de segurança

É essencial existir, pelo menos, duas cópias salvas em lugares distintos do arquivo original, ou seja, fora da empresa.

O backup consegue recuperar rapidamente dados perdidos acidentalmente, por roubos ou outros tipos de fatalidades que possam vir a ocorrer.

A cópia de segurança pode ser armazenada em CDs ou na nuvem, opção muito utilizada pelos profissionais de TI.

 

Quais são os principais cursos de segurança da informação?

Para planejar, implementar e gerenciar a segurança da informação é necessário que os  profissionais sejam devidamente treinados para fazer frente às mudanças que envolvem a tecnologia da informação.

A indústria está cercada de ameaças aos sistemas e, por isso, há uma demanda crescente de mercado por especialistas na área.

Além de investir na formação técnica e no bacharelado, os profissionais devem fazer os treinamentos em segurança da informação, visto que as certificações são muito importantes nesse segmento.

A seguir destacamos as opções em destaque atualmente:

 

Certified Information Security Systems Professional (CISSP)

Essa certificação é considerada essencial para quem já possui alguma experiência no segmento, já que avalia o grau de conhecimento do profissional em segurança da informação conforme as melhores práticas em 10 áreas importantes:

  • Proteção de redes e telecomunicações;
  • Monitoramento de acesso por sistemas;
  • Criptografia;
  • Governança de segurança da informação e gestão de riscos;
  • Desenvolvimento de software seguro;
  • Programa de continuidade de negócios e restauração de desastres;
  • Segurança física;
  • Segurança de operações;
  • Arquitetura de design e segurança;
  • Regulamentos, leis, conformidade e investigação.

 

Advanced Penetration Testing

O curso é uma excelente alternativa para quem quer estar apto a enfrentar ataques cibernéticos, através de testes de segurança. 

Os alunos que fazem esse curso precisam vencer obstáculos e descobrir alvos, pois situações inusitadas podem acontecer na rotina de trabalho.

Quem faz o curso não só aprende a executar um teste profissional, mas também a organizar os dados obtidos em forma de relatórios, o que é muito importante para quem trabalha em grandes empresas.

Este é um dos cursos de segurança da informação que possui um diferencial para as qualificações e habilidades dos profissionais de TI que possuem real interesse em seguir uma carreira na área.

 

Certified Cloud Security Professional (CCSP)

Essa certificação é recomendada para quem já possui uma experiência avançada em segurança de TI e pretende aperfeiçoar as suas habilidades relacionadas à computação na nuvem, área que está em constante crescimento.

Alunos que conquistam esse certificado são eficientes nos seguintes domínios do CCSP: 

  • Exigências de design e noções de arquitetura;
  • Proteção de infraestrutura e plataforma em nuvem;
  • Segurança de informações em nuvem;
  • Proteção de aplicativos em nuvem;
  • Conformidade legal e operações.

 

Offensive Certified Security Professional (OSCP)

Essa certificação é conhecida por ser muito difícil, mas oferece as competências necessárias para conseguir identificar possíveis fragilidades em operações de segurança, executar invasões controladas e escrever scripts comuns.

 

Certified Ethical Hacker (CEH)

Este programa possibilita analisar as falhas da infraestrutura de TI, sendo um dos cursos de segurança da informação mais almejados.

Ele assegura as competências necessárias para constatar sérias ameaças e é fundamental para quem quer desenvolver testes de hacking.

O curso compreende 18 dos mais importantes e atualizados domínios de proteção importantes para melhorar as normas de segurança da informação através do reconhecimento de vulnerabilidades em potencial.

Com as nossas dicas de cursos de segurança da informação, com certeza, você terá um currículo mais elaborado para se desenvolver na área de TI. E para se aprofundar ainda mais sobre proteção de dados, veja também o artigo OWASP: conheça o top 10 das vulnerabilidades.



Receba novidades:







    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *