NIST Cybersecurity Framework: tudo o que você precisa saber

O NIST Cybersecurity Framework é um recurso muito importante para a segurança digital em muitas das organizações mais inovadoras do país

Além de que, junto ao rápido e crescente avanço da tecnologia, também é possível observar uma maior incidência de ataques cibernéticos devido ao aumento na troca de informações sigilosas, tornando qualquer sistema vulnerável a invasores.

Desta forma, a conformidade com os padrões e normas do NIST tornou-se uma prioridade em grande parte das indústrias de alta tecnologia.

E para entender melhor sobre o NIST Cybersecurity Framework e os seus benefícios para a proteção de dados na atualidade, continue lendo o conteúdo a seguir!

 

Primeiramente, o que é NIST?

Podemos entender o National Institute of Standards and Technology (NIST) como uma “ABNT da segurança de informações” que desenvolve normas e padrões para estimular a inovação e a competitividade econômica, principalmente na indústria de ciência e tecnologia

É possível dizer também que o conjunto de diretrizes contribui com as empresas, ajudando na proteção de seus dados e sistemas de informação, através de programas com bom custo-benefício.

 

O que é o NIST Cybersecurity Framework?

O framework de cibersegurança é considerado um dos principais padrões NIST e, através das suas boas práticas, se torna uma ferramenta extremamente eficiente, que organiza e melhora o programa de segurança nas organizações

Quando uma organização não adota a cibersegurança pode ter alguns problemas, tais como: adulteração de e-mail, sequestro de domínio, roubo de dados, ransomware, typosquatting, e outros tipos de malware. 

Por sinal, uma das ameaças que mais tem preocupado é o ransomware, o que enfatiza a necessidade de adotar medidas que garantam proteção ao acessar e usar as tecnologias e sistemas críticos de um negócio.

Pensando em solucionar os mais diversos problemas relacionados a invasões, o sistema de cibersegurança apresenta um conjunto de recomendações e padrões. 

Deste modo, as  organizações ficam melhor preparadas para identificar ataques virtuais e conseguem seguir diretrizes sobre como responder, prevenir e se recuperar de incidentes cibernéticos.

Vale a pena reforçar que a estrutura é usada por várias empresas e por governos de muitos países, garantindo um alto nível de resultados de segurança cibernética e uma metodologia para gerenciar e avaliar esses resultados.

Portanto, seja para uma empresa que está começando ou para uma que já trabalha com um programa bem maduro, adotar uma estrutura de cibersegurança pode ser muito útil!

Usar o framework como uma ferramenta para gerenciamento de nível superior ajuda a avaliar a segurança em toda a organização.

 

Quais as principais funções do NIST Cybersecurity Framework?

Além de causar perdas financeiras consideráveis, os riscos à segurança cibernética também podem afetar gravemente a reputação ou causar paralisações no serviço, o que pode prejudicar uma organização no mercado em que atua.

É aí que entra a cibersegurança e as suas medidas preventivas.

A seguir listamos as principais aplicações que podem ajudar a usar o NIST Cybersecurity Framework em sua organização sem se perder nos detalhes dos documentos e especificações. Veja!

 

Identificar

A função concentra-se em estabelecer as bases para um programa de segurança eficiente, sem possibilidade de falhas. 

Além disso, auxilia no desenvolvimento de uma compreensão organizacional para gerenciar os riscos de segurança para sistemas, pessoas, dados, ativos e recursos. 

Para permitir que uma organização concentre os seus esforços em uma estratégia de gestão de risco, esta aplicação enfatiza a importância de compreender o contexto, os recursos que suportam funções críticas e as ameaças relacionadas. 

 

Proteger

Quando uma empresa tem consciência dos problemas que podem ocorrer no seu sistema de segurança, consegue identificar as melhorias que precisam ser feitas. 

A função de proteção descreve as medidas adequadas para garantir a entrega de serviços críticos e oferece suporte à capacidade de conter o impacto de problemas na segurança cibernética. 

 

Detectar

Ajuda a identificar possíveis incidentes críticos e define as atividades apropriadas para identificar a ocorrência de um evento de proteção em tempo hábil. 

 

Responder

Se concentra nas atividades apropriadas para agir no caso de um incidente detectado e oferece suporte para conter o impacto de uma falha na segurança em potencial. 

 

Recuperar

Identifica atividades apropriadas para renovar e manter planos de resiliência e para restaurar quaisquer recursos ou serviços que foram prejudicados devido a um imprevisto na segurança. 

A recuperação oportuna para as operações normais é importante para reduzir o impacto de algum inconveniente na proteção. 

 

Qual é a importância de ter o NIST CyberSecurity Framework na sua empresa?

A cibersegurança ainda é uma área em crescimento nas empresas e, por isso, muitas metodologias aleatórias são utilizadas, sem seguir os devidos padrões. 

No entanto, se você pensa em ter uma estrutura que forneça uma linguagem comum e sistemática para gerenciar ameaças de proteção, o NIST Cybersecurity Framework é uma ótima alternativa.

Com ele, você pode integrar as atividades e os recursos de informação da sua empresa a qualquer outro programa de segurança. 

Este projeto também foi feito para complementar, por isso não será necessário substituir o programa de segurança, caso já tenha.

Além disso, ao aderir ao framework de cibersegurança da NIST, as organizações podem identificar áreas vulneráveis onde os processos existentes devem ser reforçados. 

O objetivo da estrutura é ajudar a priorizar os investimentos e decisões na segurança digital

Ela também permite raciocinar sobre a maturidade do seu programa e fornece uma estrutura para conversas com as partes interessadas, incluindo sua alta administração e sua diretoria.

Lembrando que a implementação do framework deve ser um esforço colaborativo para fornecer a uma empresa a base para um conjunto comum de técnicas, termos e medidas. 

Isso significa que é preciso buscar e obter auxílio de diversas partes interessadas em toda a organização. Visto que, uma pessoa sozinha ou em um único grupo, não é capaz de adotar um framework de forma eficiente, muito menos a sobreposição de muitos frameworks.

Aposto que após ler nosso artigo sobre NIST você está mais preocupado com a cibersegurança da sua empresa, não é mesmo? Se sim, não deixe de ler: DevSecOps: o que é e qual é a sua importância e aprenda a evitar vulnerabilidades nos seus projetos e aplicações.

Receba novidades:







    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *